Meu recanto virtual

Todos nós procuramos por uma válvula de escape, uma forma de fugir da realidade, de inventar nosso próprio mundo. A minha válvula é a escrita, é poder interagir com pessoas que estão na mesma situação que eu. E foi por isso que surgiu minha imensa vontade de ter um blog.

Desde o dia que resolvi ter meu espaço na internet, devo ter criado, pelo menos, cinco blogs. Alguns falavam de moda, outros tratavam do mesmo assunto do Estrofes, outros eram apenas de textos, mas nenhum me envolveu tanto. Nenhum me fez ter aquele gosto de atualizar e escrever e falar sobre assuntos diversos, até que um dia eu estava em um grupo do Facebook, encontrei um blog lindo que acompanho até hoje e decidi: Eu preciso criar outro blog – e não abandoná-lo.

Já estava pensando em investir outra vez na blogosfera há algum tempo, quando voltei a fotografar e senti uma imensa vontade de compartilhar minhas imagens com outras pessoas, mas não queria falar apenas disso, queria abranger ainda mais assuntos, queria envolver um público maior, portanto juntei tudo que gosto em um só lugar e, de repente, me surgiu o nome: Estrofes.

Ainda não há nada poético ou alguma frase de efeito que resuma o nome do blog, mas quando o nomeei, pensei em algo referente aos assuntos tratados, claro, e me surgiram inúmeras palavras relacionadas a livros e foi assim que começou a minha nova etapa na internet.

Foi bastante complicado escolher uma plataforma de hospedagem para meu blog, afinal, cada uma tem seus recursos, cada qual com suas melhores qualidades, mas nunca havia apostado no WordPress e resolvi dar uma chance, apesar de até hoje não encontrar tantos templates tão lindos quanto os feitos para o Blogspot.

Muitos me perguntam se pretendo levar o blog para outro patamar, ou seja, monetizá-lo, fazer parcerias, etc. E sim, eu pretendo, mas apesar de ver meu blog crescer e ser elogiado por muitos, ainda me sinto um pouco insegura quanto ao futuro do Estrofes, afinal, já abandonei tantos blogs e apesar de estar decidida a levá-lo adiante, muitas coisas podem acontecer. (E ainda tenho que me preocupar com a faculdade, meus problemas diários, minha vida fora da internet… É complicado ter um blog e uma vida de adulto). Mas futuramente quero garantir meu domínio e levar meu blog a outro patamar.

Não quero fazer do Estrofes o meu trabalho, apesar de escrever e blogar ser uma das coisas que mais gosto de fazer. Quero fazer do Estrofes um dos meus hobbies, um lugar onde eu posso desabafar e falar sobre tudo aquilo que gosto. Quero continuar fazendo dele a minha válvula de escape e não torná-lo maçante. Quero torná-lo uma sala de estar para todos aqueles que gostam das mesmas coisas que eu.

Sente-se e sinta-se em casa. Aceita um chá ou uma xícara de café?


RODAPÉ

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s